“No Brasil morrem 300 mil pessoas por ano devido a doenças cardiovasculares, que precisam ser prioridades nas políticas públicas”

Imprimir

- Cleila Guimarães Pimenta, Especialista em Saúde Coletiva na Área de Desenvolvimento Tecnológico, no XI Fórum Nacional de Inovação Tecnológica em Saúde no Brasil - Doenças Cardiovasculares